Computador portátil

Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital de Escolas (PADDE)

PENSAR A ESCOLA NA ERA DIGITAL

 

Sobre

Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital da Escola (PADDE) teve por base o quadro conceptual dos documentos orientadores desenvolvidos pela Comissão Europeia, designadamente o DigCompEdu e o DigCompOrg.

As áreas de intervenção do PADDE incidem nos diferentes domínios da organização escolar no âmbito das tecnologias digitais: Envolvimento Profissional, Ensino e Aprendizagem, Avaliação das Aprendizagens, Desenvolvimento Profissional Contínuo e Liderança.

 

A elaboração deste Plano teve em conta as seguintes etapas: 

■ recolha de evidências: a partir da informação recolhida por processos de diagnóstico SELFIE e Check-In e tendo em         conta o histórico da escola;

■ análise dos dados: interpretação e reflexão sobre os resultados alcançados;

■ elaboração: definição do Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital;

■ Planeamento: cronograma de ações e implementação, de acordo com as prioridades definidas;

■ Comunicação: divulgação à comunidade do trabalho em curso

■ monitorização das ações e avaliação: aferição e adequação dos níveis de implementação e consecução dos                 objetivos definidos no plano.

 

A criação de ecossistemas de desenvolvimento digital considera que a capacitação dos docentes e de outros profissionais de educação tem um papel determinante no alicerçar da integração transversal das tecnologias de informação e comunicação. Com esta integração pretende-se potenciar os processos de inovação através do digital, nas escolas e adequá-las aos contextos e desafios atuais da nossa sociedade.

 

Foram definidas metas e planeadas ações para concretizar o Plano, bem como mecanismos de monitorização que possam aferir o progresso e verificar os resultados, como fatores fundamentais para o sucesso da Escola.